Música

 

Curso de Violoncelo

 

  Curso de violoncelo para iniciantes no Rio de Janeiro e São Paulo. Aulas no Rio com Rodrigo Alencastre, violoncelista com formação pela UniRio. Em São Paulo, aulas com Rafael Pedro, celista da Orquestra Sinfônica Heliópolis.

 

Horários a combinar (aulas individuais)

Carga horária: 1 hora de aula por semana

Valor: R$ 280,00 por mês


Para crianças, adolescentes e adultos (idade: a partir de 8 anos)


Duração do curso: conforme o desempenho do aluno.

RIO DE JANEIRO: Av N. Sra. de Copacabana 583 sala 702 - Copacabana
(perto do Metrô Siqueira Campos)
Fone: (21) 2235-3105 ou pelo Whatsapp (21) 99636-7216

 

 

SÃO PAULO: Rua Cardeal Arcoverde 928 sala 307 - Pinheiros
 (na Praça Benedito Calixto)
 
Fone: (11) 2384-9557 ou pelo Whatsapp (21) 99636-7216


OBS: No curso do Rio de Janeiro, caso não tenha o instrumento, o aluno iniciante poderá utilizar o violoncelo da escola durante as aulas. Recomenda-se que o aluno adquira seu próprio violoncelo no máximo após a 4ª aula, para poder praticar em casa e ter um melhor rendimento do aprendizado.
 

 

 

Saiba mais sobre o violoncelo

 

O violoncelo é um instrumento que faz parte de todas as orquestras sinfônicas. Da mesma família do violino, o violoncelo é tocado com um arco - da mesma forma que o violino -, porém tem um som bem mais grave e profundo. É considerado um dos sons mais belos entre os instrumentos de corda.

 

São necessários alguns anos de estudo para adquirir a técnica necessária, principalmente a afinação, que é uma das partes mais difíceis de se dominar em instrumentos de arco. Ao contrário de instrumentos de corda dedilhada, como o violão e a guitarra, o violoncelo não tem marcações nos braços. O violoncelista, assim como todo instrumentista de cordas friccionadas, tem que saber de memória onde tocar cada nota com os dedos da mão esquerda. Além disso, é necessário possuir um ouvido musical (também chamado de ouvido absoluto) para conseguir tocar com a afinação perfeita.

 

As partituras para violoncelo são escritas na clave de Fá, chegando muito raramente a ser usada a clave de Sol em algumas músicas com notas muito agudas. As quatro cordas do Violoncelo são afinadas da grave para a aguda  em Dó2, Sol2, Ré3 e Lá3 (imagem à direita).

 

Crianças tem que usar modelos de violoncelo menores que os adultos, devido à diferença no espaço entre os dedos de uma criança para um adulto. Violoncelos para crianças são os modelos 3/4 ou 2/4 (para adultos é o 4/4)

 

 

O repertório do violoncelo é muito vasto, pois há mais de 300 anos, quando o instrumento começou a se popularizar entre os músicos na Europa, compositores clássicos começaram a incluir o instrumento em suas músicas, e de lá para cá, passou a ser componente obrigatório em música sinfônica, quartetos, grupos de câmara, e algumas vezes também em música popular. O maestro brasileiro Heitor Villa-Lobos foi um dos compositores que mais escreveu para o violoncelo, inclusive duas de suas Bachianas Brasileiras foram escritas para conjunto de violoncelos (a quinta Bachiana, para oito violoncelos e soprano, é famosa no mundo inteiro até hoje).

 

Um método de estudo muito indicado para quem não tem nenhuma noção de música e quer começar a aprender a tocar o violoncelo é o Método Suzuki, desenvolvido no Japão por Shinichi Suzuki.

 

O princípio do método é ensinar música através de uma ambientação paralela ao aprendizado da línguagem falada. Suzuki notou que as crianças aprendem a sua língua materna rapidamente, e baseando-se nisto, argumentou que se as crianças têm facilidade para aprender a falar, ler e escrever, elas também terão a mesma facilidade para aprender um instrumento musical, caso o professor use a mesma ambientação de ensino utilizada no aprendizado da linguagem.
 

 

 

Compartilhar:

  Share on Google+

 



 
   
  Entrada      Sobre    Música Textos Fotografia TV-Cinema-Teatro  

Contato

 

 
Desenvolvido por Vitavision Audiovisual - 2012 /2017