CO        

 

 

Textos

MUITO ALÉM DAS TELAS DA TV: LAURA CARDOSO

Por Roberto Carelli

 

Laura Cardoso  (foto: Roberto Carelli/Vitavision)

Ao lado de nomes como Fernanda Montenegro, Marília Pêra e Ruth de Souza, a atriz Laura Cardoso é uma das grandes damas do Teatro Brasileiro. Com 87 anos e mais de 70 de carreira, essa veterana dos palcos continua na ativa trabalhando incansavelmente no teatro e na TV.

 

Admirada pelo público e por seus colegas de profissão, Laura Cardoso é uma referência tanto para atores iniciantes como para veteranos, que se espelham no talento com que ela interpreta papéis em novelas, filmes e espetáculos.

 

Apesar de ser conhecida do grande público por suas participações em novelas da TV Globo, como Caminho das Indias, A Viagem, Gabriela, Império, e mais dezenas de novelas em que trabalhou desde a década de 60, Laura Cardoso tem uma impressionante bagagem de experiências como atriz, que vai muito além das telas e dos palcos teatrais.       

Conversando comigo em 2008, quando a convidei para dar uma aula-palestra aos alunos da Oficina de Atores no Rio de Janeiro, Laura Cardoso contou como sua longa carreira de sucesso começou: "Eu comecei fazendo rádio, trabalhei em rádio novelas. Todo mundo ouvia, e aquilo me encantava muito, ouvir o rádio...eu acho o rádio uma coisa muito séria, muito importante. Uma coisa muito boa para o ator.  Eu comecei assim, comecei fazendo rádio, comecei fazendo teatro infantil dentro dessa emissora de rádio. Eu já fiz teatro, trabalhei no rádio, já fiz circo, já fiz tudo que voce pode imaginar em relação à arte."
 

Como Laura Cardoso constrói seus personagens e se prepara para interpretá-los? "Eu sou estudiosa, eu não brinco em serviço não! Eu faço laboratório, eu pesquiso, eu passo muito tempo em cima do texto, estudando. O ator tem que estar sempre estudando, aprendendo. Senão...voce vai fazer uma coisa vazia. Vale a pena voce se aprofundar no texto. O que não vale é voce decorar bestamente." 

 

O que é mais importante para o ator, teatro ou TV? Para Laura, "o ator gosta muito do teatro, porque o teatro é uma escola maior, claro. Porque no teatro, se você errar, é fogo. Agora na televisão não. Na TV eles param, eles voltam..."

 

Perguntada se a aparência física influi na carreira do ator ou nas chances de trabalho, Laura nos respondeu o seguinte: "Eles [os diretores e produtores] buscam a qualidade, o talento, mas a aparência física se sobrepõe muitas vezes a isso, o que é um erro. O ator de verdade não precisa se preocupar com aparência... nem gordo nem magro, nem preto, nem branco, nem bonito, nem feio, nem olho azul, nem olho verde, nem olho preto, nem olho nada...o ator é o ator, ele se transforma, ele faz o drama, ele faz humor, ele faz tudo."

 

 

Laura Cardoso e Roberto Carelli durante reunião de produção em 2009 no Rio de Janeiro

 

Sobre a fama, Laura Cardoso diz que nunca deu importância para aparecer em capas de revistas ou ser destaque na mídia, e diz não considerar um verdadeiro ator quem só pensa em fama. "A gente fazia rádio, era calmo, era sossegado, as pessoas diziam: ela faz teatro, ela faz rádio novela... mas não era essa coisa que tem hoje,  essa coisa de fama, essa coisa de dinheiro, essa coisa que não está muito bem enquadrada no ator, em quem quer realmente ser ator. Quem quer só aparecer na novela, na capa da revista, na capa da Playboy, não é realmente ator. É quem quer ganhar dinheiro. O ator de verdade não se preocupa muito se vai sair na revista, se vai ganhar dinheiro, não é só isso."

 

E a televisão de hoje, é diferente do passado? Laura diz que "antigamente a televisão tinha qualidade. Hoje a televisão tem a tecnologia. Hoje tem qualidade, mas é ajudada por toda essa tecnologia. Antigamente não, quando a televisão começou, era quase um artesanato, era feita com as mãos... "    

 

Quais livros um ator deve ler para se aperfeiçoar? "Tem vários livros de interpretação, tem Stanislavisky, tem Brecht... Stanislavisky é bárbaro... Tem os livros [de ficção], que são histórias, que voce lê e fica imaginando se voce pudesse fazer esse personagem...O ator tem que ler. Tem que ler muito. E tem que saber ler. O ator tem que saber ler."

 

E como enfrentar o medo de não conseguir fazer um papel? "Acho que o fazer é que te leva aprender. Deu errado, mesmo que seja um pequeno papel, você tem que fazer. O fazer é o que te leva a chegar a algum lugar, a aprender, a construir uma estrada." 

 

Perguntada se as dificuldades iniciais da carreira a fizeram pensar alguma vez em desistir de ser atriz, Laura Cardoso responde incisiva: "Nunca!...Se desistir, é porque não nasceu para isso".

 

E como vencer essas dificuldades? Laura Cardoso responde de forma bem descontraída: "às vezes você não tem dinheiro no bolso...mas não pode desistir. Faz um trabalhinho, junta um dinheirinho, e vai se aperfeiçoar, vai estudar em uma escola de teatro, vai assistir teatro, vai assistir TV, que alguma coisa voce vai aprender. Vai do esforço de quem quer ser ator."

 

O que Laura Cardoso diria para alguém que sonha em ser ator ou atriz? Esta foi a resposta: "Todo mundo hoje em dia quer ser ator, quer ser atriz. Não é fácil. Nem todo mundo pode ser. Tem que ter valor, tem que ter talento, tem que ter dedicação. É um longo caminho...mas nesse caminho voce pode encontrar pessoas maravilhosas com quem voce aprende, tudo voce aprende na escola [de teatro], que é um centro de pesquisa teatral, a gente aprende tudo, a gente aprende equilíbrio, interpretação, dicção. O Teatro é a grande escola."

 

Com toda essa experiência, vitalidade e amor à arte, Laura é um verdadeiro exemplo para os jovens que sonham em seguir carreira como atores. E quem sabe um dia, depois de uma longa jornada, terão muita história pra contar, assim como nossa querida Laura Cardoso, que já deixou sua história escrita nos palcos, nas telas, e em nossos corações.

 

(texto de Roberto Carelli para o site OficinadeAtores.com.br)

 

proibida a reprodução do texto sem citar o autor

 

VOLTAR PARA A LISTA DE TEXTOS


 



COMENTÁRIOS:

 

 
   
 

Bio

Textos e livros Arte visual Música Videos

 

 
 

Contato         

 
Desenvolvido por Vitavision Audiovisual - 2012 /2013