CO
       
  Dramaturgia

 

Plim Plim, o Mágico do Papel

 

 

 

"Um, dois, três, Plim Plim pra vocês!" Era sempre assim, naquelas longínquas tardes dos anos 70, que o apresentador Gualba Pessanha anunciava para a garotada o inicio do seu programa "Plim Plim o Mágico do Papel", produzido nos anos 70 pela TV Educativa do Rio de Janeiro, depois pela TV Tupi. Gualba Pessanha era um artista especializado em origami e que no programa, ensinava as crianças a fazerem brinquedos de papel e outros materiais caseiros. O programa começou a ser exibido em 1975 na TVE, para depois passar para a Tupi, onde permaneceu no ar até o fechamento da emissora em Julho de 1980.  

 

Gualba Pessanha foi um dos apresentadores infantis mais assistidos da TV nos anos 70 e inicio dos 80. Um dos sucessos do seu programa eram os desenhos que as crianças enviavam pelo correio para Plim Plim selecionar os melhores, que eram mostrados ao vivo no programa. Na TVE, Gualba também apresentou "Janela da Fantasia" (com Bia Bedran) e "Mãos Mágicas", até 1986.  Além da TVE e Tupi, Gualba também passou rapidamente pela Bandeirantes, apresentando um programa de origami para crianças. 

 

Lamentavelmente, foi deixado de lado pela mídia após novos formatos de programas infantis passarem a fazer sucesso nos anos 80, com a chegada de novas estrelas da criançada com novos estilos de apresentação: Xuxa, Angélica, Eliana, Turma do Balão Mágico, e outros. Gualba Pessanha faleceu em 2010 em um asilo em Campos dos Goytacazes, no Norte do Rio de Janeiro.

 

Roberto Carelli participou do elenco de crianças de um dos programas de Plim Plim exibidos ao vivo em 1980 na TV Tupi do Rio de Janeiro, na época gravado nos estúdios da Tupi no antigo prédio do Cassino da Urca. Infelizmente, após o fechamento da Tupi em Julho de 1980, grande parte dos videotapes da emissora se perderam ou se deterioraram, principalmente pela péssima conservação que receberam graças ao descaso dos responsáveis pela guarda do arquivo da Tupi após seu fechamento.

 

O acervo remanescente da Tupi carioca está hoje sob os cuidados do Arquivo Nacional, para onde foi transferido após anos jogado entre mobílias velhas em um andar da sede dos Diários Associados, no Rio (fonte: jornal O Globo).  Um acordo entre o Arquivo Nacional e a TV Globo está pouco a pouco recuperando esse precioso acervo da história da TV brasileira. Mas até o presente momento, não há informações sobre a existência de gravações preservadas dos programas de Gualba Pessanha na Tupi.

 

Abaixo, você pode asssitir a um trecho de "Janela da Fantasia", outro programa apresentado por Gualba Pessanha na TVE nos anos 80, com a mesmo formato do antigo  "Plim Plim o Mágico do Papel".

 

 

 

 

VOLTAR PARA A LISTA DE TEXTOS

 

 



 
   
 
   
Desenvolvido por Vitavision Audiovisual - 2012 /2017